(6)

tumblr_o40bbbwBSC1s5qhggo7_r2_1280

Não há tempo para sentir quando é necessário produzir. Sentir se torna um fardo, uma pedra atada às costas de quem precisa correr e não há tempo para distrações. Não há bem ou mal, há apenas a produtividade. Mas isso não foi o que escolhi fazer? Essa foi a métrica pela qual eu escolhi me medir? Não vou agir como se eu soubesse o que estou fazendo, apenas porque não sei fingir tão bem quanto os outros. Mas se a vida é um ritual, a máscara é o que importa. O rosto por detrás deve permanecer por detrás. Tenho ainda mais medo do que vai ser depois da curva. Doem-me os ombros, como sempre. As palavras sobrevoam e não consigo nem vê-las direito de tão rápidas, que dirá segurá-las e as prender nessa tela. Deixe que voem, talvez voe eu também e a vida também.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s