(16)

tumblr_ld3a3uVbmg1qa18sao1_1280

Sufoco. Uma mão me tapa a boca. Ela não existe. O ar não entra pelas narinas. Respiro só pelas palavras que escrevo para que ninguém leia. Respiração rasa. Rasa como eu. Dói.

Me sinto esvaziar. Cada parte de mim vaga em uma direção e eu sou deixado aqui, vazio para carregar todo peso. Não lembro se algum dia senti irmandade com as coisas. Hoje tudo me parece alheio e intocável.

Estas sensações hão de passar. Assim como a vida inteira, e nada disso faz de qualquer coisa menos real. Sinto falta. Só sinto falta.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s